“Ah! Com quem será?”

Peça infantil do grupo ABBACIRCUS inspirada no clássico ‘O casamento da Dona Baratinha’ estreia no CCSP no dia 27 de junho

COM_QUEM_SERA_009_1

Com estreia marcada para o dia 27 de junho, às 16h no Centro Cultural São Paulo o grupo Abbacircus volta ao palco para apresentar o espetáculo “Ah! Com quem será?”. Trata-se de uma fábula circense com estética burlesca. O espetáculo descreve o cotidiano solitário de uma bruxa muito engraçada, que é tirada do sério por personagens para lá de esquisitos que vêm ao seu castelo para pedir-lhe em casamento. Nesse universo recheado de fantasia e outros atrativos que povoam o imaginário infantil, o público é surpreendido diante de uma trama eloquente e contagiante. A narrativa construída a partir de ações cotidianas, revela uma bruxa dos dias atuais. Muito vaidosa, anseia casar-se. O fato é que a cada vez que ela tenta focar na faxina da casa, um pretendente mais bizarro aparece: Frankenstein, Caveira, Vampiro, Fantasma. E todos são rejeitados. O último a aparecer, o bruxo Patusco Bebusco, foi o escolhido. Na hora do casamento, emocionado e brindando a união, ele bebe a solução mágica errada, e imediatamente se desfaz, desaparecendo. Esta é a estória da bruxa Linda que passou de solteira a casada, e de casada à viúva. Tudo no mesmo dia.

Para tocar na poética do amor entre monstros e bruxas, o grupo amparou-se no seu forte: A linguagem circense. Com muita leveza, e em toques sutis: Um personagem surge de ponta cabeça, outro aparece no teto. Isso tudo enche de graciosidade a cena, que se alterna. Ora de suspense, ora de puro riso.

ABBACIRCUS – Companhia de repertorio – possui 19 anos de trabalho contínuo em São Paulo, e alguns de seus espetáculos, como o infantil ANUNCIAÇÃO, permaneceu em cartaz na cidade por mais de 8 anos consecutivos.

O GRUPO

Desde a sua criação em 1996, quando encenou e produziu ‘Fogança’, Abbacircus – o grupo – estabeleceu um trabalho de pesquisa que revitaliza o teatro, apropriando-se da fusão de linguagens e citações preciosas de nossa cultura popular.

Em cartaz desde 1999, na cidade de São Paulo, seu segundo espetáculo, ‘Anunciação’ surgiu inicialmente como espetáculo de rua. Sua linguagem tipicamente popular deu nova roupagem na dramaturgia do palhaço, despertando a atenção do público e da crítica. O que veio mais adiante a revelar e consolidar o grupo. Foi vencedor do prêmio Panamco 2000, Melhor estreia Banco do Brasil, e inúmeros Festivais e Caravanas de Teatro.
O terceiro espetáculo da Companhia, ‘A luz dos olhos meus’ que tem texto e direção de Eliezer Filho, com trilha sonora e direção musical do Chico César, narra à história de amor platônico entre o cego Quinô e sua guia Candinha. O espetáculo que surgiu de um fato real, impressionou o público formador de opinião que logo identificou a indiscutível qualidade do texto e o extraordinário trabalho dos atores. Estreou no TBC em 2001, e realizaram uma impressionante turnê pelo interior paulista com os projetos Viagem teatral SESI, Jovem Protagonista-FDE, e Caravana Paulista de Teatro.

‘Mix Abbacircus’ foi o quarto espetáculo do grupo. Em formato pocket, sem texto, nem uso da palavra, sem cenário, e com toda trilha sonora feita ao vivo, ele circulou nos principais Festivais, Mostras, Teatro de rua, Clube, Tribo indígena, Parque de diversões, Circo, Hospitais, Rodeio, Aeroporto, Navio, etc. Trata-se de uma espécie de show de variedades reunindo as melhores gags da dupla de palhaços Carlão e Fiorina que se apresentaram literalmente do Oiapoque ao Chuí.

Em ‘Acuda Benedito’, lançado em 2009, a divertida trupe renovou-se para contar a estória de Benedito, um nativo rural, que vai morar na metrópole, onde vence todos os seus desafios. Aqui, a linguagem tradicional do mamulengo, mescla-se de técnicas circenses e outras formas animadas numa saborosa invenção de tipos e bonecos que recriam a crônica do mundo globalizado, aliando tradição e contemporaneidade a esse ‘brinquedo’ tão inusitado, que é o mamulengo.

Este espetáculo que estreou no CCSP, permaneceu em cartaz na cidade de São Paulo por 16 meses consecutivos. O cenário, uma lona circense de 12m de diâmetro foi instalada nos lugares mais inusitados: Viaduto do Chá, Avenida Paulista, Shopping Light, Largo São Bento, Praça da Sé, etc. Também circulou por 28 cidades do interior do Estado, integrou a programação do projeto Teatro nos Parques e foi contemplado com os prêmios: Funarte Teatro de rua, e Carequinha de estímulo ao circo.

Em 2014, a trupe circulou em caravana, com parte de seu repertório, em 3 estados da região sudeste como forma de celebrar a graça por estes 19 anos de trabalho contínuo. Façanha realizada graças ao Prêmio Funarte Pro cultura de estímulo ao Circo.

www.abbacircus.com.br

Serviço
De 27 de junho a 09 de agosto de 2015
Sábados e domingos as 16hs
Sala Jardel Filho do CCSP
Ingressos: R$ 15,00

Sinopse

Festa de casamento da bruxa Linda. Pretendentes dos mais curiosos aparecem. Quem ela escolherá? Espetáculo circense que retrata temas e personagens clássicos do imaginário infantil encenado com abordagem lúdica e divertida.

Ficha técnica
Adaptação e direção: Francisco Lcl Rolim
Elenco: Francisco Lcl Rolim e Patrícia Htr Lemos
Cenografia figurinos e objetos de cena Nani Brisque e Pushkhy
Trilha sonora: Remi Stengel
Iluminação: Robson Valentim
Fotografia: Kriz Knack
Assessoria de Imprensa: Patrícia Boudakian
Mídias Sociais: Patrícia Boudakian
Voz em off de Odilon Wagner
Produção executiva: Edson Caeiro
Realização: Abbacircus da Cooperativa Paulista de Teatro