Q.Q.ISS?!, com Sonhus Teatro Ritual

O espetáculo Q.Q.ISS?! – título provindo do modo goiano de perguntar o que significam as coisas – estreia em São Paulo para uma temporada gratuita nos Teatros Martins Penna e Alfredo Mesquita trazendo mímica e rock n’roll à cena teatral paulistana.

0056-LayzaVasconcelos-9108

 

Chega à cidade para uma temporada gratuita em parceria com a Prefeitura Municipal de São Paulo, o grupo goiano Sonhus Teatro Ritual com o espetáculo Q.Q.ISS?! que estará em cartaz nos dias 26 e 27 de abril no Teatro Martins Penna e nos dias 2, 3, 4, 9, 10 e 11 de maio no Teatro Alfredo Mesquita.

Inspirado nas obras de Pink Floyd e no filme O Mágico de OZ, do ilustre L.Frank Baum, o espetáculo é uma divertida aventura cômico-visual com bases na linguagem das artes do palhaço e da mímica, misturando diversos estilos de mímica, como a pantomima e a mímica corporal dramática associada a outras técnicas que contribuem para a narrativa com o teatro de bonecos, de animação e de máscaras.

Na busca da relação entre o palhaço e o espantalho, os atores descobriram um fértil terreno a partir da observação de toda uma coleção de espantalhos pintada por Cândido Portinari, poemas de Mário Quintana e textos de alguns estudiosos sobre o tema.

Os espantalhos vivem suas aventuras e descobertas embalados pela trilha do álbum The Dark Side of The Moon, obra prima do grupo britânico Pink Floyd, que fala sobre as pressões da vida, como tempo, dinheiro, loucura e morte. O espetáculo faz referência ao fenômeno conhecido por The Dark Side of The Rainbow, efeito de origem misteriosa, com forte presença na cultura popular mundial desde 1994, que consiste na reprodução simultânea do álbum do Pink Floyd com o filme O Mágico de Oz de 1939, revelando diversos momentos em que uma obra corresponde a outra, seja por parte das letras das músicas ou pela sincronia audiovisual.

Na história, os espantalhos, Pendú e Camí enfrentam situações inusitadas para abordar a curiosidade que move a humanidade e que leva o homem a se deslocar no universo em busca de aventuras.

Sobre o Grupo: O Grupo Teatro Ritual foi fundado em 1996, na cidade de Goiânia. No ano de 2011, quando completou 15 anos de trajetória, incorporou ao nome o pré-fixo Sonhus, com o intuito de tentar comunicar melhor com o público seus objetivos artísticos intrínsecos. Hoje o Grupo Sonhus Teatro Ritual é composto pelos atores-pesquisadores Nando Rocha, Pablo Angelino, Ilka Portela e Jô de Oliveira. Essa formação em quarteto persiste desde 2007. Desenvolve uma linguagem própria com base em procedimentos e técnicas do teatro físico, da mimica, da arte do palhaço, das danças populares dramáticas e do teatro-dança ocidental e oriental. Os espetáculos costumam ser frutos de longos processos criativos, muitas vezes com diretores convidados que promovem interações estéticas e criativas na montagem de novos espetáculos. O Grupo surgiu no ambiente educacional no Lyceu de Goiânia com seus, então, jovens integrantes, e esse fato marcou a continuidade de sua trajetória, interferindo na estética, na ética e nos princípios de todas as ações e produções promovidas pelo Grupo, sempre interligadas direta ou indiretamente num processo de elaboração da experiência artística, tanto na formação de outros artistas e na formação de novos apreciadores da arte cênica. Desde 2005 promove anualmente o Encontro de Atores Criadores com workshops, palestras, debates e apresentações de artistas referenciais. Desde 2011, também desenvolve um projeto social de formação através do Ponto de Cultura Vila das Artes, incentivando o empreendedorismo nas artes do teatro, cinema, e nos bastidores da arte. Em sua trajetória realizou diversos intercâmbios com artistas nacionais e internacionais, tendo circulado pelo Brasil e também em outros países, seja em atividades criativas ou se apresentando, entre eles: Argentina, Colômbia, Alemanha, Espanha, EUA, Itália, Japão e Portugal.

Sinopse: Pendú é um espantalho que está preso em sua rotina de trabalho: cuidar da plantação. Dias, anos, talvez séculos podem ter se passado sem que ele se movesse. Num inusitado dia, ele conhece Camí, um espantalho andarilho que fugiu de sua roça para percorrer o mundo. Curiosos com as possibilidades de mover as pernas Pendu e Camí partem juntos se aventurando em uma incrível jornada em busca do desconhecido. Amor, solidão, amizade, trabalho, sonhos e sobrevivência são sentimentos que aos poucos se revelam para os personagens nas trilhas que seguem por escolha própria, ou nos caminhos em que são colocados pela força da natureza.

Dias 26/04 às 20h e 27/04 às 19hs no Teatro Martins Penna – Centro Cultural da Penha, Largo do Rosário, nº 20 – telefone: 2295.0401 – Entrada Franca

Dias 2, 3, 4, 9, 10, 11/05 (sextas e sábados às 21hs e domingos às 19hs) no Teatro Alfredo Mesquita – Avenida Santos Dumond, 1770, Santana – telefone: 2221.3657 – Entrada Franca

www.teatroritual.com.br

 

3ª Mostra São Paulo Teatro de Bonecos transforma CEUs e Parques da capital em palcos de teatro

3ª Mostra São Paulo Teatro de Bonecos transforma CEUs e Parques da capital em palcos de teatro

15-04-14-Núcleo_Trecos_e_Cacarecos-Dom_Quixote_o_Cavaleiro_Sonhador-Foto

De 14 a 27 de abril, CEUs e Parques de São Paulo recebem a 3ª Mostra São Paulo Teatro de Bonecos realizada pela Cooperativa Paulista de Teatro com o apoio cultural do Governo do Estado de São Paulo através do Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo – PROAC.

Conta com dezessete apresentações e duas oficinas. Todas as atividades são gratuitas. Parque do Ibirapuera, Parque da Juventude, Parque da Luz, Parque da Água Branca e CEUs fazem parte da programação.

Grupos de Brasília, Minas Gerais, Santa Catarina, São Paulo, Argentina e Portugal trazem diversas técnicas de manipulação como: objetos, figuras, formas animadas, luva e vara, máscara e os tradicionais marionetes, fantoches e teatro de animação  e prometem encantar crianças, adultos, 3ª idade e pessoas com necessidades especiais, apresentando uma programação bem variada.

Os Parques da Luz e da Água Branca recebem nos dias 18 e 19 o grupo de Brasília Mamulengos sem Fronteiras, que conta para toda a família a divertida história do herói Bastião, um palhaço de Folia de Reis que se mete em grandes confusões com a polícia, o padre e até com os bichos do além pra casar com a linda Rosinha do Bole Bole.

Os parques da Juventude e do Ibirapuera encerram a programação nos dias 26 e 27  com o espetáculo Dom Roberto, do grupo português S.AMarionetas, que conta, também para crianças e adultos, o momento em que o herói do teatro de fantoches português enfrenta o pior dos inimigos, a morte. Ele vive grandes aventuras em 4 diferentes histórias. “O Barbeiro”, a “Tourada”, “A Rosa e os 3 Namorados” e “Castelo dos Fantasmas”.

As oficinas são direcionadas à artistas e professores, com o objetivo de introduzir a técnica de confecção e manipulação de bonecos articulados feitos de jornal, barbante e fita crepe, com abordagem de aspectos artísticos e pedagógicos e acontecem nos dias 12, 13, 26 e 27 de abril.

“Os CEUs tem teatros bem equipados nas periferias de todas as regiões de São Paulo. Com essa parceria criamos um festival itinerante que leva à estas comunidades arte de alta qualidade, estimula a formação de público, facilita a circulação de grupos e espetáculos de várias regiões do Brasil e do mundo na capital paulista, com as mais variadas técnicas, abordagens e linguagens na manipulação de bonecos”,  afirma Ana Clara Ferreira Marques, idealizadora do projeto.

 Programação e Sinopse

A Fabulosa Redonda Flor

Grupo Yepóca Cia de Teatro – Belo Horizonte – MG

Data: 14/04/2014 – 10h30 e 14h

CEU Quinta do Sol: Av. Luiz Imparato, 564 – Cangaiba / USP Leste

Duração: 50min

Faixa etária: 6 a 14 anos

Sinopse: Era uma vez um “mundo quadrado” onde o surgimento de uma pequenina flor… redonda surpreende essas pessoas quadradas. As crianças deste lugar mostrarão o quanto a diferença pode ser benéfica a todos.

Dom Quixote o Cavaleiro Sonhador

Grupo: Núcleo de Trecos e Cacarecos – São Paulo – SP

Data: 15/04/2014 – 15h

CEU- Feitiço da Vila – Rua Feitiço da Vila, 399 – Chácara Santa Maria, São Paulo – SP, 05879-000 – (11) 6833-6696

Duração:45min

Faixa etária: 6 aos 12 anos

Sinopse: Enquanto o mundo começa a ser explorado pelas navegações, um velho cavaleiro sonha com a armadura de seu bisavô e sai em busca do amor e da justiça.

Dona Sonia Dora e Tecedora

Grupo: Valéria Fidel – Argentina

Data: 16/04/14 – 10h e 14h

CEU: Vila Rubi: Rua Domingos Tarroso, 101, Vila Rubi /Zona Sul

Duração: 50 min

Faixa etária: 2 aos 10 anos

Sinopse: Uma velha tecelã conta a história de um caracol muito especial, que para realizar seu sonho se aventura numa viagem longa e perigosa. O espetáculo encanta toda a familia com marionetes, canções e contação de histórias.

O fantástico Laboratório do Professor Percival

Grupo: Caleidoscópio – São Paulo – SP

Data: 17/04/14 – 10h

CEU Parque Bristol: R.Professor Arthur Primavesi- S/N

Data: 25/04/14 – 10h

CEU Inácio Monteiro R. Barão do Amazonas s/n

Duração: 50 min

Faixa etária: a partir dos 5 anos

Sinopse: O engraçado Professor Percival, em seu laboratório, “dá vida” aos elementos químicos, ferramentas e utensílios através da técnica do Teatro de Objetos, estabelecendo um jogo constante com a plateia. 

Exemplo de Batião

Grupo: Mamulengo sem Fronteira – Brasília – DF

Data: 18/04/14 – 16h

Parque da Luz

Data: 19/04/14 – 16h

Parque da  Água Branca

Duração: 60 min

Faixa etária: Adulto e Infantil

Sinopse: O herói Bastião, um palhaço de Folia de Reis, se mete em grandes confusões com a polícia, o padre e até com os bichos do além pra casar com a linda Rosinha do Bole Bole.

Só Sonho Samba

Grupo: Cia. Bonecos Urbanos – São Paulo- SP

Data 22/04/2014 – 10h30

CEU Quinta do Sol: Av. Luiz Imparato, 564 Cangaiba / USP Leste

Data: 24/04/14 – 14h

CEU Inácio Monteiro R. Barão do Amazonas s/n

Duração: 50 min

Faixa etária: a partir dos 10 anos

Sinopse: Ramon é um compositor que faz peripécias para realizar o sonho de viver de música , sua grande paixão. É uma  homenagem bem humorada ao Samba Paulista.

O Incrível Ladrão de Calcinhas

Grupo TripTeatro de Animação – Rio do Sul – SC

CEU Quinta do Sol: Av. Luiz Imparato, 564 Cangaiba / USP Leste

Data: 22/04/14 – 19h30

Faixa etária: 14 anos

Sinopse: O escritório do Detetive Bill é procurado por uma “mulher-fatal” que tem sua “peça íntima” roubada. O que parecia um caso banal dá origem a uma série de crimes violentos, onde todos são suspeitos até que se prove o contrário.

Iara o encanto das águas

Grupo: Cia Lumiato Teatro de Formas Animadas -Brasília-DF

Data: 23/04/14 – 10 e 14h

CEU: Vila Rubi: Rua Domingos Tarroso, 101, Vila Rubi /Zona Sul

Duração: 35 min

Faixa etária: a partir dos 6 anos.

Sinopse: Um índio sonha com uma mulher sobrenatural. Ao acordar, procura um sábio e descobre os  mistérios de Iara. Encantado pela mulher sereia, o protagonista mergulha com ela nas profundezas do seu próprio destino.

Monóculo

Grupo: Tecelagem – São Paulo – SP

Data: 24/047014 – 19h30

CEU Inácio Monteiro R. Barão do Amazonas s/n

Duração: 1h

Faixa etária: a partir dos 13 anos

Sinopse: Um casal de meia idade que vive preso em uma rotina. a descoberta de um monóculo torna-se um evento revelador que irá tirar estes personagens de suas prisões, despertando suas fantasias, anseios e devaneios.

Dom Roberto

Grupo: S.AMarionetas – Portugal

Data: 26/04/14 – 16h

Parque da Juventude

Data: 27/04/14 – 16h

Parque Ibirapuera

Duração: 50 min

Faixa Etária Livre

Sinopse: O herói do teatro de fantoches português enfrenta o pior dos inimigos, a morte. Ele vive grandes aventuras em 4 diferentes histórias . “O Barbeiro” e a “Tourada” “A Rosa e os 3 Namorados” e “Castelo dos Fantasmas”.

 

 

Regulamento Mostra São Paulo Teatro de Bonecos 2014

LOGOMARCA Mostra sp

Estão abertas as inscrições para a 3ª Mostra São Paulo Teatro de Bonecos. O evento acontecerá de 12 a 27 de abril de 2014, levando o encanto do teatro de bonecos para os quatro cantos da capital paulista. As apresentações serão em teatros, CEUs e parques. Veja a seguir o regulamento e ficha de inscrição. Participe!

Os interessados devem enviar a inscrição preenchida para o email curadoriamostraspbonecos@gmail.com até o dia 10 de janeiro.

“Projeto realizado com o apoio do Governo do Estado de São Paulo,

Secretaria de Estado da Cultura – Programa de Ação Cultural –2013”

logos

REGULAMENTO

3ª MOSTRA SÃO PAULO

TEATRO DE BONECOS

2014

A 3ª Mostra São Paulo – Teatro de Bonecos2014premiada pelo ProAC– Programa de Ação Cultural – Edital Nº 01/2013–“Concurso de Apoio a Projetos de Festivais de Artes no Estado de São Paulo” da Secretaria de Estado da Cultura”, torna público o regulamento para a seleção de espetáculos.

O prêmio foi conferido àCooperativa Paulista de Teatro e pelo mérito da proposta que já está na sua terceira edição assegurando a democratização do acesso aos bens culturais.

I – DOS OBJETIVOS DA MOSTRA

A 3ªMostra São Paulo – Teatro de Bonecos 2014será realizada no período de 12a 27de abril de 2014 e tem como objetivo apresentar um panorama da produção do teatro de bonecos por meio de 16 espetáculos com linguagens e técnicas variadas.

É função da mostra fortalecer a produção, circulação e troca de experiências dos grupos, bem como, democratizar o acesso da população ao teatro de bonecos, propiciando a reflexão do público e a troca de saberes com os artistas e criadores dos espetáculos.

A mostra será realizada em vários espaços culturais, educacionais e públicos (a céu aberto) distribuídos pela cidade de São Paulo. Entre esses espaços existem teatros convencionais, galpões com estrutura cênica, espaços culturais, praças e parques.

II – DAS INSCRIÇÕES

1. As inscrições para a 3ª Mostra São Paulo – Teatro de Bonecos2014poderão ser enviadas entre os dias 25 de novembro de 2013 a 10 de janeiro de 2014, exclusivamente pelo e-mail curadoriamostraspbonecos@gmail.com. Este regulamento e ficha de inscrição encontram-se à disposição dos interessados no sitehttp://www.facebook.com/mostra.saopaulo.

2. Os arquivos devem ser enviados em formato word, pdf, jpeg ou power point, com o seguinte conteúdo:

a) Currículo do grupo;

b) Currículo do diretor;

c) Currículo do espetáculo;

d) Fotos digitais;

e) Sinopse do espetáculo;

f) Críticas, recortes de jornais, programas e demais publicações do espetáculo e grupo;

g) Necessidades técnicas de som, luz e palco;

h) Ficha de inscrição inteiramente preenchida (que encontra-se no final deste regulamento e disponível para download no sitehttp://www.facebook.com/mostra.saopaulo).

 

3. Para os espetáculos pré-selecionados será solicitado (quando a Comissão Organizadora achar necessário) DVD com a gravação recente e completa do espetáculo, que deverá ser enviado por sedex, para o endereço indicado no e-mail de solicitação.

4. Serão desconsideradas as inscrições:

a) Fora do prazo (vale a data de postagem);

b) Em desacordo com o regulamento;

c) Com documentação incompleta.

III – DA SELEÇÃO

1. Todos os projetos inscritos, que tenham como ação principal a manipulação e/ou animação de bonecos ou objetos, serão avaliados, classificados e selecionados pela Comissão Organizadora.

2. A Comissão Organizadora selecionará os projetos inscritos de acordo com os seguintes critérios:

a) Excelência artística do grupo;

b) Excelência artística do espetáculo;

c) Adequação do espetáculo às condições dos espaços de apresentação.

3. Os selecionados serão comunicados por e-mail, até o dia 30 de janeiro de 2014. Não havendo confirmação de disponibilidade e interesse por parte do grupo selecionado, serão convocados os grupos suplentes por ordem de classificação.

IV – DA PARTICIPAÇÃO

1. Todos os grupos selecionados receberão um prêmio de participação com valor entre R$1.500,00 (um mil e quinhentos reais) e R$2.500,00 (dois mil e quinhentos reais) por apresentação realizada. A variação de valores será aplicada de acordo com:

a) A distância entre a cidade São Paulo e a cidade de origem do grupo;

b) A quantidade de participantes do espetáculo;

c) A qualificação artística do grupo e do espetáculo;

d) A quantidade de apresentações do grupo na mostra.

2. O Pagamento será efetuado até 15 dias após a realização da apresentação por meio de deposito bancário em conta da pessoa jurídica contratada.

3. Será negociado com cada grupo selecionado o período de hospedagem, de acordo com as necessidades de montagem e apresentação do espetáculo. Só será oferecida hospedagem para grupos que tenham real necessidade em virtude da distância entre a sua cidade de origem e o local de realização da apresentação. A mostra não se responsabilizará pela hospedagem de nenhum integrante do grupo, amigo ou parente, que não faça parte efetiva do espetáculo.

4. A organização da mostra oferece alimentação,em local indicado pela produção, para os integrantesdos grupos selecionados, descritos na ficha de inscrição.

5. O transporte de cenário e elenco será negociado com cada grupo selecionado. Dando preferência para aqueles que tem autonomia para realizar o transporte de seus equipamentos e elenco. Respeitando as limitações orçamentárias, serão oferecidas as melhores condições de viagem para os grupos que venham de cidades e/ou estados distantes, alémde translado na cidade de São Paulo.

6. Os equipamentos de sonorização serão disponibilizados de acordo com a necessidade de cada espetáculo. A montagem dos equipamentos, passagem de som e acompanhamento do espetáculo é de responsabilidade do técnico de som da mostra. A operação de som do espetáculo é de responsabilidade exclusiva do técnico de som do grupo. Segue a relação deequipamentosdisponíveis:

02- caixas acústicas JBL EON15 – 250 w

02- caixas acústicas JBL EON10 – 150 w

02- caixas acústicas RCF ART 310A –  480w

04- tripés de caixas acústicas

01- mesa de som YAMAHA MG 166cx USB – 16 canais

01- mesa de som YAMAHA MG 10/2 – 8 canais

01- mesa de som BEHRINGER – 8 canais

01- CD player duplo NUMARK modelo CDN22 MK5

02- microfones com fio e pedestal Superlux

02- microfones com fio e pedestal G.A.P.

03- microfones SHURE PGX UHF (sem fio, pode ser usado como head set ou lapela)

01- microfone SEENHEISER EW112 G3 (sem fio de lapela)

7. Os equipamentos de iluminação serão disponibilizados de acordo com a estrutura de cada espaço de apresentação e com a necessidade de cada espetáculo. Os espetáculos serão distribuídos pelos espaços de acordo com as suas necessidades técnicas. A montagem dos equipamentos de iluminação e acompanhamento do espetáculo é de responsabilidade do técnico de iluminaçãoda mostra. A afinação e operação dailuminação do espetáculo é de responsabilidade exclusiva do técnico de iluminação do grupo.

V – DAS OBRIGAÇÕES

1. Caberá ao grupo selecionado providenciar o material cênico e técnico necessário ao seu espetáculo, com exceção da estrutura técnica de base (iluminação e sonorização).

2. Os grupos selecionados participarão de encontro com a plateia, de no mínimo 30 minutos, após a apresentação, com a finalidade de intercâmbio das experiências e vivências artísticas e processos de criação.

3. Os grupos selecionados assinarão contrato responsabilizando-se pelo cumprimento dos horários e dias marcados pela Comissão Organizadora, bem como, pela obtenção de autorização de uso do texto e das músicas e autorização de veiculação de imagem dos integrantes dos espetáculos. Esse documento deverá ser preenchido, assinado e devolvido no prazo de 7 (sete) dias após seu recebimento.

4. Os grupos selecionados deverão enviar por e-mail em formato pdf ou jpeg, os seguintes documentos:

a) Contrato social da empresa ou estatuto da associação;

b) Em caso de estatuto, ata de posse da última diretoria;

c) Cópia do RG e CPF do representante legal do grupo que assinará o contrato;

d) Comprovação de vínculo dos integrantes do espetáculo com a empresa (ficha de filiação, participação da diretoria, registro de cooperado, carta vínculo ou outro documento equivalente);

e) Dados bancários da empresa que assina o contrato (nome do banco, número da agência,número da conta bancária e CNPJ da empresa);

f) Relação completa com nome civil, RG, CPF e função dos participantes do grupo

que participarão da mostra;

g) 3 fotos em alta resolução (mínimo 300 dpi);

h) Autorização de uso do texto e das músicas, assinadas pelos autores.

VI – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

1. Os DVDs, quando solicitados pela Comissão Organizadora, e enviados pelos grupos não serão devolvidos.

2. A organização poderá utilizar imagens dos artistas e espetáculos selecionados para promoção do evento nesta e em outras edições.

3. Além dos selecionados, a Comissão Organizadora guarda-se o direito de convidar outros espetáculos para compor a programação da mostra.

4. A decisão da Comissão Organizadora é irrecorrível.

5. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora da mostra.

6. O ato da inscrição implica conhecimento e aceitação de todos os itens do regulamento.

7. Os grupos e seus representantes são inteiramente responsáveis pela autorização de uso do texto e das músicas, sendo o envio destas comprovações, condição para a efetivação da contração e realização das apresentações.

São Paulo, 25 de novembro de 2013.

Comissão Organizadora

FICHA DE INSCRIÇÃO

Grupo:
Espetáculo:
Espaço de apresentação:  Palco ()         Praça ou Rua (   )         Alternativo (   )
Medidas do espaço utilizado pelo espetáculo (em metros):

_____ largura _____ profundidade _____  alturaPúblico:  Adulto (  )            Infantil (  )         Indicação etária:Gênero:Técnicas de manipulação:  Duração:Links de vídeo na internet: (trailer)

 

Endereço do grupo:
Cidade:      CEP:
Telefones:
e-mail:
site:
skype:

 

Responsável pelo grupo:
RG:                                                               CPF:
Endereço:
Cidade:                                                                           Estado:          CEP:
Telefones:
e-mail:

 

Empresa representante legal do grupo:
CNPJ:                                                               Inscrição Estadual:
Endereço:
Cidade:                                                                           Estado:         CEP:
Telefones:
e-mail:
site:

 

Espetáculo:
Sinopse do espetáculo (em 5 linhas):

 

Autor / Adaptador:Direção:Técnico de Luz:                              contato:Técnico de Som:                           contato:Elenco (nome artístico / nome civil):

 

 

Valor do cachê para

Uma apresentação: Duas apresentações:

Três apresentações:Disponibilidade de datas para apresentação no período de 12 a 27de abril de 2014:

Número de integrantes que fazem parte do espetáculo:

Elenco: homem (  )   mulher (  )

Técnicos: homem (  )   mulher (   )Equipamento de som necessário, que não esteja atendido pela lista de equipamentos descrita no regulamento:

Tempo (em minutos)de montagem da cenografia:Tempo (em minutos) de montagem da sonorização:Tempo (em minutos)de montagem da iluminação:Outras necessidades:

“Projeto realizado com o apoio do Governo do Estado de São Paulo,

Secretaria de Estado da Cultura – Programa de Ação Cultural –2013”

logos

 

 

 

 

As novas tendências das Relações Públicas e Assessorias de Imprensa, fique atento!

As Relações públicas e assessorias de imprensa estão em um novo caminho, mudando rapidamente. Para ter sucesso neste setor, não é mais suficiente  enviar press releases aos meios de comunicação. Na era da Web 2.0, o trabalho de relações públicas desenvolve-se muito mais na internet.

A seguir, dez tópicos importantes para trilhar um rumo certeiro:

1. Os meios de comunicação on-line serão as mais importantes disciplinas de relações públicas.
2010 foi o último ano em que a clássica imprensa foi o mais importante trabalho de instrumento de relações públicas. No entanto, as coisas mudaram bastante desde então. De acordo com um estudo recente de “Monitor de comunicação Europeu”, a comunicação on-line neste ano será a ferramenta mais importante no setor de relações públicas.

2 Redes sociais se tornarão as novas centrais de comunicação
Redes sociais estão atualmente entre os sites mais visitados do mundo. Facebook, por exemplo, está prestes a ultrapassar o valor de 600 milhões de usuários ao redor do mundo. E nos Estados Unidos, agora excede em número de visitas para o todo poderoso Google. Usuários do Facebook e companhia usam essas plataformas como comunicação para a troca de notícias, fotos e vídeos com amigos e conhecidos. E, dada sua penetração crescente entre os consumidores, as empresas não podem desperdiçar o potencial da Web 2.0 para a divulgação de informações corporativas e diálogo face a face com o cliente.

3. As pessoas serão o epicentro das relações públicas 2.0
Com as redes sociais as empresas ganham a oportunidade única de se envolver em uma comunicação direta e imediata com o cliente. Já não é necessário recorrer aos meios de comunicação tradicionais como um elo entre a empresa e o consumidor. Que sim, o cliente é muito exigente e se usar redes sociais para bombardeá-lo com publicidade, propaganda, tarde ou cedo vai haver retorno, positivo ou não, por isso a importância de saber lidar com o gerenciamento de crises.

4. As empresas devem publicar seu próprio conteúdo sem a ajuda da mídia tradicional
Antes do advento da Web 2.0, empresas e instituições se baseavam na mídia tradicional para exibir seu conteúdo publicado e conectar-se, assim, embora de forma indireta, com o cliente. Com o Facebook e companhia, as empresas podem publicar suas próprias notícias e informações sem ter que usar jornalistas como intermediários.

5. A comunicação com o cliente terá lugar em tempo real

O velho ditado “nada é tão velho como o jornal de ontem” cobra especial sentido na era da Web 2.0. Redes sociais como Facebook e Twitter permitem divulgação de informações em tempo real. Embora esta tendência não seja 100% segura, fornece às relações públicas uma ampla gama de possibilidades, porque nunca antes a comunicação com o cliente era tão rápida como agora.

6 Mudará do monólogo para o diálogo
Com as redes sociais, a comunicação entre empresa e cliente já não é executada em uma estrada de sentido única. Antes a empresa falava e o cliente ouvia, mas na era da Web 2.0, ambos são iguais. O cliente também pode fazer uso do palavra e a empresa é obrigada a escutá-lo.

7. Blogueiros são os novos intermediários entre empresa e cliente
Alguns anos atrás, as empresas tinham apenas a mídia tradicional como um elo com o consumidor. Hoje, existem outros canais e, sem dúvida, um dos importantes são os blogs. Blogs, especialmente especializados em temas específicos, são uma fonte de informação cada vez mais importante para o consumidor. E por essa razão, profissionais de relações públicas devem   aproveitar ao máximo estes novos canais de comunicação.

8. O SEO e o marketing serão a simbiose perfeita para o sucesso das relações públicas on-line
Para ter sucesso na era das relações públicas 2.0, não é suficiente publicar conteúdo on-line de interesse para o consumidor, mas também deve ser que eles tenham um bom posicionamento nos motores de busca (google, yahoo etc). Se eles não estão bem posicionados, haverá menos probabilidade de se conectar com o cliente através da internet.

9 As redes sociais comunicarão diretamente ao consumidor
Antes do surgimento do Facebook e companhia, empresas e instituições publicavam comunicados de imprensa e os enviavam para os jornalistas. Com a Web 2.0, uma mudança de formato é necessária. Uma vez que os meios de comunicação não são mais necessários para se conectar com os intermediários do cliente, os comunicados à imprensa serão dirigidos diretamente aos consumidores, através das redes sociais.

10. As informações corporativas serão distribuídas através de uma multiplicidade de canais online
Para divulgar um negócio ou  notícias através da web, não é o suficiente postar apenas no Facebook, mas há para distribuí-lo em todos os meios de comunicação on-line à nossa disposição: portais de imprensa, RSS, serviços de microblogging e redes sociais.